Pulseiras de identificação trazem praticidade, charme e segurança para o seu evento


01 Outubro 2019

As pulseiras de identificação em eventos passaram a ser mais do que recomendáveis, são fundamentais. A marca fica em evidência durante o evento, coíbe possíveis fraudes e facilita o controle de entrada e saída dos convidados.
 
Veja algumas dicas para uma utilização mais eficaz deste recurso.

 

1 – Pulseira é o mesmo que ingresso pago

 
Se o seu evento tem diferenciação de espaço, como área Vip ou Premium, use pulseiras de cores diferentes para organizar os convidados na entrada. 
A pulseira também funciona como ingresso pago, portanto ao usá-la no pulso, garante que o ingresso foi pago, o tipo de ingresso adquirido, facilitando a entrada e saída de pessoas no ambiente.
 

2. Personalize as pulseiras 

 
As pulseiras são personalizáveis, portanto utilize deste recurso para não ter surpresas negativas, já que a pulseira sem impressão pode ser adquirida por qualquer pessoa.
Ao personalizar com o nome, logomarca, data do evento, etc, você aumenta a segurança do controle de acesso, conferindo um identificador visual facilmente reconhecível para a sua equipe de segurança, além de criar uma dificuldade a mais para o penetra.
Se você tem diversas áreas ou níveis de acesso, por exemplo, camarotes, etc., faça pulseiras de cores e/ou textos diferentes.
Você pode aproveitar também como espaço publicitário, divulgando o nome do seu patrocinador. 
 
 

3. Não distribua as pulseiras antes do evento

Muitos usam a pulseira como se fossem ingressos. Embora pareça uma prática econômica, isto pode acarretar em grande prejuízo, facilitando a falsificação.
 

4. Não entregue a pulseira aberta para o convidado

 Tenha sempre alguém da sua equipe responsável por colocar e ajustar as pulseiras, certificando-se que estão adequadamente lacradas. Elas devem ser ajustadas de forma que não fiquem apertadas demais ou frouxas demais, o que poderia permitir que o usuário a remova sem romper o lacre, emprestando-a intacta a um penetra.
 
Como padrão, instrua o operador a fechar a pulseira colocando seu próprio dedo por baixo da mesma, utilizando-o como espaçador.
 Sua equipe deve estar treinada a reconhecer uma pulseira violada, buscando indícios de reutilização e conhecendo alguns artifícios comumente utilizados. 
 

4. Insira informações nas pulseiras infantis

Pulseiras podem ser úteis na hora de localizar crianças perdidas de seus pais. Para isso, basta escrever o número de telefone de seus responsáveis utilizando uma caneta fixadora nas pulseiras infantis no momento da entrada.
 
 
 





Precisando de um Orçamento

ENTRE EM CONTATO